Postagemsite Kepa

Basco Kepa Acero Voltando a Surfar – Vídeo Reflexões

Depois de vários meses de recuperação, o surfe do basco Kepa Acero está de volta. Quando a fábrica da Pukas Surfboards avisou desde o País Basco que a prancha do atleta estava pronta, foi grande a surpresa de saber que após sete meses do acidente, o surfista solitário já rodava novamente pelo mundo. Para comemorar sua recuperação Kepa tinha viajado para Indonésia para pegar seus primeiros tubos.

Confira as reflexões sobre o acidente.

No dia 2 de janeiro de 2017 Kepa voltou a nascer. Numa session com ondas grandes em Mundaka, San Sebastián, o atleta caiu forte de um tubo, sofrendo lesões numa das vértebras cervicais e o deslocamento de outra. Ele foi resgatado da água pelos surfistas que acompanhavam e levado de emergência ao hospital.

Depois dos exames, os doutores concluíram que por poucos milímetros a medula espinhal não tinha sido danificada. Poucos dias depois foi submetido a uma cirurgia para a colocação de duas placas de titânio no pescoço.

Sete meses após o acidente, comemorou pegando tubos na Indo.

Prancha do Kepa modelo Plan B tamanho 5´6" do shaper Axel Lorentz.

Prancha do Kepa modelo Plan B tamanho 5´6″ do shaper Axel Lorentz.

Kepa começou cedo a competir de forma profissional na Espanha e depois de cansar dos circuitos e baterias, escolheu conhecer a fundo as culturas e as pessoas dos lugares que visitava para surfar. Assim viajou pelo Brasil, Havaí, Chile, Peru, Portugal e África, entre outros lugares. “Já levo oito anos viajando sozinho pelo mundo. Estive até na Antártida. Eu não tenho nada a reclamar do mar, ele me deu tudo. Para mim a melhor onda do mundo é Mundaka, o quinta de casa”, encerrou.